Artigos

Home > Artigos > História Antiga > Legados da Grécia & Polis: Viver na Cidade grega

05 ago

Legados da Grécia & Polis: Viver na Cidade grega

História Antiga Por: Thassia Izabel Comentários

 

Legados da Grécia

Nesse mês de agosto, o Rio de janeiro será sede de um dos maiores legados helênicos, os Jogos Olímpicos. Quem estiver passeando pela Cidade Maravilhosa ou assistindo aos jogos, pode conferir no Palácio Tiradentes (Alerj), outros legados que influenciam nosso mundo até hoje.


A Mostra: “ Legados da Grécia”, que ficará até dia 12 de agosto, trás dez das principais heranças dos helenos:

  • Arquitetura
  • Artes Plásticas
  • Filosofia
  • Literatura
  • Medicina
  • Ciência
  • Política
  • Teatro
  • Música
  • Esporte.

Esta mostra já passou por um grande shopping center na Barra da Tijuca, agora chega ao Palácio Tiradentes no Centro do Rio de Janeiro. 

Transportando os visitantes em uma viagem de 4 mil anos de história e cultura Helênica, através de uma exposição com mais de 150 artefatos e esculturas inspirados em acervos dos principais museus do mundo.

Com um espaço dedicado as origens dos Jogos Olímpicos da Antiguidade.

A entrada é franca, e a visitação pode ser realizada de segunda a sábado, das 10h às 17h; domingos e feriados, das 12h às 17h.


Endereço: Palácio Tiradentes: Rua Primeiro de Março, s/nº – Praça XV – Centro do Rio de Janeiro – Tel: (21) 2588 1186

 

Clique aqui para abrir a galeria com as fotos das duas exposições

 

Polis: Viver na Cidade grega

 

Mas se você estiver em São Paulo, pode conhecer um pouco mais sobre as cidades gregas no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo (MAE-USP), com a exposição “ Polis: viver na Cidade grega”, que apresenta maquetes de cidades gregas e aborda de forma didática os aspectos sociais, políticos e culturais do mundo helênico.

Referindo-se as diversidade cultural das cidades helênicas espalhadas pela costa do mar mediterrâneo e na península balcânica, a arqueólogo Elaine Hirata diz que:


Cada uma das cidades gregas tem toda uma produção cultural, uma vida, uma contribuição para o que a gente chamaria genericamente de cultura grega, que foi deixada muito de lado

Em enrevista ao Jornal da USP a professora, Elaine Hirata, especialista em Arqueologia, falou sobre os objetivos da exposição em cartaz no MAE:

a nossa exposição vai falar muito pouco de Atenas e Esparta. Vai falar deste mundo grego mais amplo, na medida que este mundo grego mais amplo é o que gestou aquilo que hoje a gente pode chamar de cultura grega.

relativisando o modelo historiogarfico "centro-periferico". para ouvir a entrevita completa clique aqui

 

Com visitação gratuita

Período: 11 de março de 2106 até 27 de janeiro de 2017

Horários: 2ª, 4ª, 5ª e 6ª feiras: 9h – 17h

Aberto segundo sábado de cada mês: 10h – 16h

Fechado as 3ª feiras, feriados e domingos.

Endereço: Av. Prof. Almeida Prado, 1466 – Cidade Universitária – São Paulo - SP

 

Não esqueça que temos duas galerias aqui no site, com fotos das duas exposições.

Comente abaixo sobre esse post:

Copyright © História Estúdio - 2019